A Agência Nacional de Saúde Suplementar determinou que as operadoras de planos de saúde iniciem a realização e programação do curso Práticas de Implementação em Atenção Primária à Saúde, de forma que seja possível aumentar o nível de qualidade e atenção dados nos atendimentos dos planos de saúde aos beneficiários.

Destaca-se que o curso é composto por seis módulos com a duração de 12 horas cada, totalizando, portanto, uma carga horária de 72 horas as quais  podem ser realizadas em 24 meses ao todo.

O primeiro módulo (EAD) possuirá o objetivo de apresentar aos profissionais de saúde o papel fundamental da Atenção Primária à Saúde, de acordo com a gerente de Estímulo à Inovação e Avaliação da Qualidade da Agência, Ana Paula: “A capacitação será fundamental para o sucesso do projeto, pois a adoção do modelo de cuidado integral por parte das operadoras representará uma mudança de paradigma na saúde suplementar. A adoção do modelo resultará em um sistema de saúde mais sustentável, pois reorganizará as redes assistenciais dos planos de saúde, favorecendo a gestão do cuidado e a centralidade nos pacientes”.

A intenção e o objetivo do programa do curso especializado é alinhar a teoria e a prática à adoção de conceitos utilizados pela Atenção Primária à Saúde, de medicina familiar e comunidade por parte das operadoras, de modo que possuam capacidade de buscar um atendimento voltado à excelência da saúde suplementar.

Por fim, o projeto Cuidado Integral à Saúde possui o propósito de subsidiar a implementação de projetos-pilotos e cursos em Atenção Primária à Saúde da saúde suplementar, de forma que seja possível um fortalecimento da rede.

Tags:
0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2021 ANAB

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?