Alessandro Acayaba de Toledo defendeu a homologação dos reajustes de planos de saúde pela ANS

O presidente da ANAB, Alessandro Acayaba de Toledo, concedeu entrevista ao jornal Valor Econômico para um caderno especial sobre gestão da saúde. Em reportagem sobre a alta das ações judiciais contra planos de saúde, o veículo pondera que muitas queixas referentes aos reajustes referem-se à falta de transparência na apresentação dos números por parte das operadoras nos planos coletivos, razão pela qual o executivo defendeu a homologação pela ANS.

“Os números poderiam ser homologados pela ANS antes de serem aplicados”, afirmou.

A reportagem também aponta que a crescente alta da Judicialização da saúde, sobretudo no Estado de São Paulo, está diretamente relacionada ao modelo de gestão das operadoras. De acordo com estudo recente, o Tribunal de Justiça de São Paulo julgou mais de 17 mil processos entre janeiro e julho, número 440% superior ao registrado em 2011.

O estudo também mostrou que das quatro mil decisões em segunda instância, em 2013 e 2014, o TJ-SP emitiu sentença favorável aos usuários em 92,4% aos usuários, sendo que 88% dos casos a queixa foi totalmente aceita.

De acordo com dados da Abrange (Associação Brasileira de Planos de Saúde), os custos judiciais das operadoras foram de R$ 1,2 bilhão em 2015, valor que acaba sendo repassado para as mensalidades dos planos coletivos (empresariais e por adesão).

Confira a matéria na íntegra: https://www.anab.com.br/images/usuarios-ganham.png

A ANAB informa que continua atenta e presente em todos os debates que envolvem assuntos de interesse do setor e manterá suas associadas informadas.

©2019 ANAB

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?