Hoje, 11 de outubro de 2017, a Associação Nacional das Administradoras de Benefícios (ANAB), representada por sua Diretora Executiva, Luciana Silveira, participou de Audiência Pública sobre as operações de compartilhamento da gestão de riscos envolvendo Operadoras, realizada pela Diretoria de Normas e Habilitação das Operadoras (DIOPE), da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), no Rio de Janeiro.

A Mesa Diretora da reunião foi composta pelos representantes da DIOPE, Leandro Fonseca (Diretor), Bruno Rodrigues, Washington Alves, Robson Cruz e Tatiana Lima e contou com a participação de operadoras de planos de saúde, entidades representativas do setor e profissionais da saúde suplementar.

A reunião foi iniciada pelo Diretor da DIOPE, que ressaltou a importância do tema. Após, foram apresentadas as propostas sobre a regulamentação do compartilhamento de riscos. São elas:

  • Corresponsabilidade entre operadoras de planos de saúde para atendimento aos beneficiários de forma continuada;
  • Constituição de fundos especiais de suporte ao custeio de despesas;
  • Corresponsabilidade entre operadoras de planos de saúde para oferta conjunta de planos;
  • Equiparação das operadoras de seguros e resseguros, com vistas a ampliar a pulverização de riscos financeiros na saúde suplementar;
  • Maior transparência sobre a utilização em operações de corresponsabilidade, para atendimento de forma continuada;
  • Plano de Contas contendo alterações minimamente necessárias para a codificação do plano de contas da ANS e do DIOPS, permitindo o monitoramento econômico-financeiro, assim como prevendo orientações específicas sobre a contabilização das operações.

Para acessar a minuta de Resolução Normativa, basta clicar no link abaixo:

http://www.ans.gov.br/images/stories/Particitacao_da_sociedade/audiencias_publicas/ap07/ap07_minuta_da_rn.pdf

Para acessar toda documentação referente a esta Audiência pública, basta clicar no link abaixo:

http://www.ans.gov.br/participacao-da-sociedade/audiencias-publicas/audiencia-publica-07

Embora o assunto não tenha relação direta com as atividades das Administradoras de Benefícios, pelo fato destas não possuírem rede assistencial, é importante o acompanhamento das mudanças previstas em razão dos impactos no atendimento aos consumidores de planos de saúde coletivos.

Sendo assim, a Associação continuará acompanhando todos os desdobramentos sobre o tema, representando suas associadas ativamente e manterá a todos informados.

©2019 ANAB

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?