A Agência Nacional de Saúde Suplementar  (ANS), através de evento realizado com o uso dos meios tecnológicos e digitais responsáveis por conferência online, passou a disciplinar sobre a recém-criada Direção de Gestão e Garantia da Qualidade do MISAU, possuindo como Estratégia Nacional de Qualidade e Humanização, tem como desafios a presença de ações de certificação e acreditação em saúde.

De acordo com a reunião online, a gerente de Estímulo e Inovação à 30Qualidade Setorial da ANS dividiu informações importantes sobre experiência prática na gestão da área de processos de acreditação e certificação de saúde.

Trata-se de projeto, com apoio estratégico do IHI, por meio da denominação Alcançar, responsável por reduzir a mortalidade materna e infantil em Moçambique. De acordo com o chefe da Direção de Gestão e Garantia da Qualidade do MISAU, as colaborações feitas pela Agência farão com que haja um fortalecimento governamental da qualidade de Moçambique.

A gerente de Estímulo e Inovação à Qualidade Setoria comentou sobre dados da saúde suplementar brasileira em relação ao atual cenário de crescentes doenças crônicas e envelhecimento populacional, sendo fundamental a adoção de cuidados essenciais à população, mudando o panorama da cura para o cuidado prévio. Ademais, citou as boas práticas regulatórias colocadas em ação pela Agência, de forma que haja um estímulo à inovação e indução à qualidade na saúde suplementar.

Por fim, a gerente destacou dados do Parto Adequado, que possui o objetivo de reduzir o número altíssimo de cesarianas sem indicação clínica no país, demonstrando que houve uma estimativa de mais de 20 mil cesarianas desnecessárias evitadas, o que demonstra uma busca pela qualidade no atendimento e nas operações realizadas pela Agência.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2021 ANAB

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?