O acordo de cooperação para o projeto “Cuidado Integral à Saúde” foi assinado no dia 11/02, firmado no auditório do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo. O acordo envolve a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), o Institute for Healthcare Improvement (IHI), o Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC) e a Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade (SBMFC).

O diretor-presidente do hospital abriu o evento frisando a importância do acordo para a sociedade, ganhando em equidade de tratamento, desta forma, poderá eliminar riscos para o paciente e desperdícios para a operadora de planos de saúde.

Relembrando que o caminho até que chegassem nesse momento, o diretor de Desenvolvimento Setorial da ANS, Rodrigo Aguiar, disse que se trata de “uma medida efetiva e concreta para a mudança da atenção à saúde”.

A assinatura do documento foi feita depois das saudações iniciais. Seguindo por uma apresentação de Daniel Knupp, presidente da SBMFC, em que foi disposta a relevância do modelo de atenção primaria, e ainda é possível impactar a saúde pública caso continue a insustentabilidade.

Foi informado pela gerente de Estímulo à Inovação e Avaliação da Qualidade Setorial, Ana Paula Cavalcante: “O que a ANS pretende é estimular a troca do modelo vigente por um modelo que já é consagrado internacionalmente”, ressaltando sobre a implementação do projeto-piloto de Cuidado Integral à Saúde. Depois estabeleceu que as formas de adesão estarão presentes no site da ANS para as operadoras que estiverem interessados.

Além disso, foi abordada a metodologia que deve ser aplicada no projeto, sendo frisada pelo representante do IHI, Fernando Faraco, a necessidade sobre o engajamento das equipes que atuarão para se alcance um resultado positivo. Foi abordada também a utilização de indicadores e medição mensal para que os resultados sejam notados, fazendo com que as equipes não se sintam desmotivadas.

Ao final das apresentações, Leonardo Piovesan, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, esclareceu sobre as inovações trazidas para o setor da saúde suplementar pelo modelo. O evento foi encerrado por Rodrigo Aguiar, ao convidar as operadoras para adesão do projeto, desta forma as mudanças comentadas serão reais e benéficas para aqueles que possuem plano de saúde.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2020 ANAB

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?