Encontro sobre Boas Práticas na Saúde Suplementar

Promover debates sobre evidências de boas práticas de prevenção, diagnóstico precoce e tratamento de neoplasias de colo do útero, mamas, próstata e pulmões pelas operadoras de planos de saúde. Esse foi o objetivo da Discussão de Boas Práticas na Saúde Suplementar – Câncer, evento realizado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).  Outros temas discutidos foram a prevenção e tratamento do tabagismo. O encontro aconteceu no dia 11/05, no auditório do IHGB, como parte das ações do Laboratório de Inovações Assistenciais na Saúde Suplementar.

O evento reuniu cerca de 30 participantes, entre representantes da ANS, do Instituto Nacional do Câncer (INCA) e das operadoras de planos privados de assistência à saúde Bradesco Saúde, CEMIG, Amil, Unimed BH, Unimed Central Nacional e GEAP.  As operadoras participantes foram selecionadas, mediante pesquisa realizada pela ANS em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). Foram escolhidas algumas operadoras que apresentaram experiências positivas na área de prevenção do câncer. O INCA aproveitou a oportunidade para realizar uma apresentação sobre combate ao tabagismo. Os resultados obtidos por meio da discussão servirão de base para as próximas ações regulatórias da ANS sob o aspecto assistencial.

O evento dá continuidade aos ciclos de debates realizados ano passado em parceria com a OPAS, no âmbito da Diretoria de Normas e Habilitação dos Produtos (DIPRO), para a discussão de assuntos relacionados à promoção de saúde e prevenção de riscos e doenças na saúde suplementar. Ainda para este ano, está prevista a realização de mais três eventos, com o intuito de discutir boas práticas no âmbito do Laboratório de Inovações Assistenciais na Saúde Suplementar. Visando construir conhecimentos que auxiliem as ações regulatórias da Agência, os próximos temas propostos são: Saúde do Idoso, Saúde Ocupacional e Saúde Mental.

Laboratório da ANS reúne planos, prestadores e defesa do consumidor

Grupo participativo tem o objetivo de discutir melhorias no setor.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) reuniu, nesta terça-feira (19/05), representantes dos planos de saúde, prestadores de serviços e entidades de defesa do consumidor no 3º encontro do Laboratório de Desenvolvimento, Sustentabilidade e Inovação Setorial (LAB-DIDES). Na oportunidade, os participantes debateram a transparência na informação dos planos de saúde coletivos, o uso do sistema Troca de Informações na Saúde Suplementar (TISS) para a construção de ferramenta eletrônica que dará transparência aos dados do setor e a disponibilização de mais informações para o consumidor sobre o plano que esta sendo contratado.

Para a diretora-presidente substituta da ANS, Martha Oliveira, o grupo servirá de referência para a discussão de temas e proposição de ações que contribuam para o aperfeiçoamento do setor. “A ideia é fazer do laboratório um espaço de reflexão da saúde suplementar”, disse. A diretora-adjunta de Desenvolvimento Setorial, Michelle Mello, ressaltou a importância da participação de representantes dos diversos públicos nas discussões. “Acreditamos que construir diretrizes para o setor com a participação de representantes de todos os públicos é produtivo e sinaliza um caminho para a sustentabilidade”. 

O LAB-DIDES foi criado em março de 2015 com o objetivo de avaliar estudos e pesquisas sobre os temas relacionados ao desenvolvimento, sustentabilidade, concorrência, qualidade e inovação setorial, além de discutir políticas regulatórias.

©2019 ANAB

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?