Demandas de Consumidores de planos de saúde

Está disponível para consulta no portal da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a relação de demandas de consumidores contra as operadoras de planos de saúde recebidas pelos canais de relacionamento da Agência.

Os dados referem-se ao período de dezembro de 2014 a maio de 2015 e serão atualizados mensalmente. O objetivo é dar continuidade à transparência das reclamações de beneficiários com a divulgação do quantitativo de demandas por operadora.

A divulgação das demandas recebidas ficará disponível para consulta até que a ANS construa um novo índice de reclamações. O processo de construção da metodologia que definirá o novo índice está sendo discutida com os técnicos da ANS desde maio de 2015.

Confira a tabela.

Confira como foi a última reunião do LAB-DIDES

Evento reúne representantes do setor para debate sobre a utilização dos dados do TISS.

No dia 7/07 aconteceu mais uma reunião do Laboratório de Desenvolvimento, Sustentabilidade e Inovação Setorial (LAB-DIDES), que contou com a presença de representantes de do setor. No encontro foram debatidos assuntos como o índice de reclamação, o novo aplicativo D-TISS e também sobre os avanços do Grupo de Trabalho Interministerial sobre OPME.

A diretora-adjunta, Michelle Mello, abriu a reunião explicando que  a métrica do índice de reclamações está sendo revista pelos técnicos da ANS  e que, enquanto o novo índice não for definido, será disponibilizada uma planilha com o quantitativo de Notificações de Investigação Preliminar (NIP) de cada operadora  considerando o  status de cada demanda. A planilha está disponível no site da ANS.

No tópico dedicado ao novo aplicativo D-TISS, Michelle expôs as contribuições recebidas pelas entidades. “Parte das sugestões puderam ser incorporadas, algumas estão sendo estudadas junto à TI da agência e outras não são viáveis ” explicou a diretora-adjunta. Os representantes ainda puderam esclarecer dúvidas e opinar a respeito do   layout da ferramenta em versão on-line e mobile.

Ao final, a gerente-executiva, Jacqueline Torres, apresentou as discussões do Grupo de Trabalho (GT) Interministerial de Órteses, Próteses e Materiais Especiais (OPME). Jacqueline explicou os desafios encontrados pelo GT e o papel da ANS no grupo.  Para a diretora de Desenvolvimento Setorial, Martha Oliveira, “É atribuição da ANS construir uma análise em conjunto com os diversos setores envolvidos a respeito da questão das Órteses e Próteses”.

©2019 ANAB

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?