A ANAB – Associação Nacional das Administradoras de Benefícios, representada por sua diretora executiva, Luciana Silveira, compareceu ontem, 28/10/2015, a 12ª Reunião do COSAÚDE – Comitê Permanente de Regulação da Atenção à Saúde realizada na sede da ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar, no Rio de Janeiro/RJ.

O COSAÚDE foi instituído pela IN nº 44 de 13 de fevereiro de 2014, para analisar as questões pertinentes à cobertura assistencial obrigatória a ser assegurada pelo Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, e a participação no Comitê Executivo é restrita aos membros da CAMSS – Câmara de Saúde Suplementar.

Em 2015, o COSAÚDE iniciou seus trabalhos em janeiro e foram realizadas 19 reuniões no total, sendo 04 com o Comitê Executivo, 01 com a Associação Médica Brasileira (AMB) e 14 com os grupos técnicos.

Nas reuniões dos grupos técnicos a ANAB foi representada pela Dra. Claudia Bichara, médica indicada pela Unifocus Administradora de Benefícios e pelo Dr. Celso Evangelista, médico indicada pela Qualicorp Administradora de Benefícios.

Após as reuniões do COSAÚDE e dos grupos técnicos, as propostas de alteração do Rol foram submetidas a Consulta Pública e hoje, 29/10/2015, foi publicado o novo Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde que será aplicado a partir de janeiro de 2016.

O novo Rol trará mais 21 procedimentos, incluindo exames laboratoriais, além de mais um medicamento oral para tratamento de câncer em casa e ampliação do número de consultas com fonoaudiólogo, nutricionistas, fisioterapeutas e psicoterapeutas.

A lista completa de todos os procedimentos e medicamentos do novo Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde por ser consultada no link abaixo:

http://www.ans.gov.br/aans/noticias-ans/sobre-a-ans/3035-usuarios-terao-21-novos-procedimentos-cobertos-por-planos-de-saude

Salientamos ainda que, na reunião de ontem, todos os participantes foram informados que houve a inclusão de 10 procedimentos após a realização da Consulta Pública e sem a revisão dos grupos técnicos formado por especialista da área.

A ANAB novamente ratifica a importância da participação das Administradoras de Benefícios em discussões setoriais que, embora não as toquem diretamente, visto que não possuem rede credenciada, podem trazer impacto geral aos custos assistenciais e consequentemente aos reajustes.

©2019 ANAB

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?